Após convocação de Bolsonaro, evangélicos fazem dia de jejum e oram pelo presidente no Alvorada
05/04/2020 12:03 em Evangelho

Grupo faz parte da Comunidade Evangélica Projeto de Deus, de Ceilândia, no Distrito Federal

BRASÍLIA - Após o presidente Jair Bolsonaro e líderes religiosos convocarem fiéis para um dia de jejum contra a covid-19, um grupo de evangélicos começou o este domingo, 5, fazendo uma oração em frente ao Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente da República. 

O grupo faz parte da Comunidade Evangélica Projeto de Deus, de Ceilândia, no Distrito Federal. Na ocasião, eles vestiam roupas com estampas verde e amarelo e se comprometeram a jejuar até o meio-dia.

 

Ao longo do domingo, outros grupos se movimentam para ir ao Alvorada. A agenda de Bolsonaro não traz compromissos oficiais.

"Se eles errarem e perecerem, nós também iremos perecer. Se eles tomarem a decisão certa, nós seremos abençoados", disse a pastora Ramiria Soares do Amaral Susstrunk, afirmando que os fiéis estavam orando pelos líderes políticos do País. 

créditos Jornal o Estadão

 

COMENTÁRIOS