Feliciano chama Jean Wyllys de covarde por deixar o Brasil
27/01/2019 19:48 em Mundo Cristão

O parlamentar evangélico lembra que em 2013 foi muito perseguido e teve sua família ameaçada e nem por isso desistiu.

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, o deputado federal pastor Marco Feliciano (Patri-SP) chamou Jean Wyllys (PSOL-RJ) de covarde por deixar o Brasil alegando ameaças.

Feliciano, que foi perseguido quando assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos em 2013, relembrou tudo o que passou, inclusive ameaças contra ele e sua família, para comparar com a situação atual do deputado do PSOL que desistiu do seu terceiro mandato.

“Por ser um parlamentar pirotécnico e midiático, acredito que as ameaças a qual ele fala veem de suas redes sociais e, se não me engano, não apresentou até agora nenhuma prova”, declarou Feliciano.

O parlamentar evangélico acredita que Wyllys está com medo de encarar uma Câmara Federal ainda mais conservadora, com vários deputados que farão um enfrentamento direto com as pautas que o psolista defende.

“Mas tudo isso pode não passar de uma ação midiática de quem se encontra em uma insignificância dolorosa que, brevemente, virá novamente a público num deslumbrante dia do ‘fico’, na maior cara de pau como se fosse importante a sua desistência de desistir da política”, diz Feliciano incrédulo de que ele realmente desistirá do mandato.

Feliciano chama Jean Wyllys de covarde por desistir de defender suas bandeiras na Câmara, citando que mesmo ele sendo perseguido pela esquerda, em 2013, ele não desistiu de continuar defendendo o que ele acredita.

“Jean, podemos divergir em quase tudo, mas eu tinha respeito por você porque você lutava pelo que acreditava, mas abandonar tudo? É de uma covardia sem tamanho”, declarou dizendo para que ele vá para Cuba ou Venezuela, para então encontrar “o que é uma democracia”.

Fonte Gospel Prime

Assista!

 

 

 

COMENTÁRIOS