Renascer expulsa pastor que decidiu apoiar Cabo Daciolo
07/10/2018 21:43 em NA MÍDIA

Danilinho Bernassi estava na denominação há 18 anos

Um pastor paulista relata que foi expulso da Igreja Renascer em Cristo por apoiar o candidato Cabo Daciolo (Patriota). Áudios de conversas de Danilinho Bernassi com o bispo Phillip Guimarães foram divulgados à imprensa e revelam a prática de intimidação por parte da liderança da denominação.

Por 18 anos Bernassi esteve na Renascer e atualmente liderava a igreja de São Bernardo do Campo. Ele diz que as diferenças por questões políticas resultarem em seu desligamento. O pastor fez publicações em suas redes sociais com cunho político. Uma delas dizia: “Jesus foi morto pelo império romano ou seja pela política. Não se pode misturar política com religião”.

Também colocou a foto de Daciolo em perfil pessoal do Twitter. A liderança pediu que ele apagasse. Diante de sua recusa, perdeu o cargo. “Ele simplesmente disse que era para eu apoiar o Bolsonaro e não outro candidato. Eu neguei. Me identifico muito mais com o Cabo Daciolo e é pra ele que vou continuar fazendo campanha”, disse.

Sua percepção ecoa a defendida por Daciolo em algumas de suas entrevistas. Ele afirma que tem como lema “bandido bom é bandido salvo e não morto”, ideia que associa com Bolsonaro.

O pastor entende não é justo o tratamento que recebeu. “Depois de 18 anos eu sou um número, eu sou um lixo”, disparou ele quando foi comunicado pelo bispo de sua demissão. Apesar de tudo, afirma que não irá deixar de pregar o evangelho e pretende continuar no ministério: “Se a porta de um templo se fechou, outras abrirão”.

“O que eu falo referente a política e religião é que não tem que se misturar. Cada um escolhe o que quer. Eu aceitei a Jesus Cristo não para brigar por ideais políticos e nem por nenhuma imagem política, nada. Não vou me compactuar com isso. Apoia quem quiser, mas não fale sobre. Se vai votar, coloque na rede social e na igreja não toque no assunto. Igreja é igreja, política é política”, destaca Bernassi.

Fonte Gospel Prime

COMENTÁRIOS