Pai de santo que benzeu Temer se converte e ganha cargo na Prefeitura do Rio
01/06/2018 - 9h09 em Mundo Cristão

Ele se converteu por intermédio do prefeito Marcelo Crivella

Roberval Batista Uzêda, de 53 anos, chamado de pai Uzêda, ficou conhecido após benzer o presidente Michel Temer no final de 2017 e afirmar que haviam feito uma“macumba” contra o presidente. Mas agora Uzêda mudou de vida: largou o candomblé, se converteu à religião evangélica e ganhou um emprego na Prefeitura do Rio de Janeiro.

 

Ele disse que conheceu a Palavra de Deus por meio da primeira-dama da cidade, Sylvia Jane Crivella, pelo prefeito Marcelo Crivella e por João Mendes de Jesus, secretário de Desenvolvimento Social.

“Encontrei Jesus, graças a Deus. Fui doutrinado pela doutora Sílvia, primeira-dama, doutor Marcelo Crivella e o bispo João Mendes de Jesus. Conheci a Palavra de Deus e vi que estava numa furada. Deus me deu a luz”, explicou.

Mas além de frequentar a Igreja Universal do Reino de Deus, o agora ex-pai de santo também frequenta os da cultos na Igreja Pentecostal Anabatista, na Barra da Tijuca.

Uzêda ainda conseguiu um emprego de assessor da coordenadoria de Diversidade Religiosa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, na Prefeitura do Rio de Janeiro. Sua nomeação ao cargo chamou a atenção da imprensa.

Fonte JMNotícia

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!