Atleta cristão pode ser expulso de seu time após dizer que a homossexualidade é pecado
10/04/2018 22:11 em Mundo Cristão

O jogador de Rugby também está sendo duramente atacado nas redes sociais, após dizer que não apoia o casamento gay.

O astro cristão australiano de rugby, Israel Folau, sugeriu que ele está sendo perseguido por causa da sua fé, depois de enfrentar críticas intensas por sugerir que a homossexualidade pode levar as pessoas ao inferno.

O jogador de destaque do time 'Waratahs' tuitou um verso da Bíblia com as palavras de Jesus, oferecendo segurança para aqueles que são atacados por segui-Lo.

Isso ocorreu depois que Folau, um cristão devoto, provocou indignação ao sugerir nas redes sociais que os gays iriam para o inferno "a menos que se arrependessem de seus pecados e se voltassem para Deus".

Por causa de sua declaração, o futuro de Folau no esporte acabou se tornando incerto. O seu contrato com o time de New South Wales chega ao fim no final deste ano e o atleta parecia contrariar a política de inclusão da organização 'Rugby Austrália', que diz: 'Não há lugar para homofobia ou qualquer forma de discriminação em nosso esporte e nossas ações e palavras dentro e fora do campo devem refletir isso".

A 'Rugby Austrália' se distanciou dos comentários de Folau, dizendo que suas "crenças pessoais não refletem as opiniões da Rugby Australia" e seu principal patrocinador, a companhia aérea 'Qantas', denunciou os comentários agora deletados como "muito decepcionantes".

A companhia aérea pode retirar seu patrocínio se mais comentários "homofóbicos" forem feitos depois que seu principal executivo, Alan Joyce, ganhou um prêmio por sua campanha em favor do casamento gay. Folau se recusa a recuar de sua opinião.

"Como patrocinadores da 'Rugby Australia', apoiamos sua abordagem em relação à tolerância e inclusão, que se alinha com a nossa", disse a companhia em comunicado.

A chefe da 'Rugby Australia', Raelene Castle, deve se encontrar com Folau nesta terça-feira para discutir seus pontos de vista enquanto se distancia dos comentários do atleta.

"O comentário de Israel reflete suas crenças religiosas pessoais, mas não representa a opinião da Rugby Australia ou do NSW Rugby", disse ela em um comunicado. "Estamos alinhados em nossa opinião de que o rugby é um jogo para todos, independentemente de sexualidade, raça, religião ou gênero, o que é claramente articulado na política de inclusão do rugby".

"Entendemos que o comentário de Israel incomodou várias pessoas e discutiremos o assunto com ele o mais breve possível", acrescentou.

Folau, de 29 anos, é um cristão comprometido e um dos superstars do rugby, vencendo 62 partidas pela Austrália, além de jogar pelo Waratahs de New South Wales. Ele compartilhou um post no Instagram sobre o plano de Deus para a vida das pessoas e quando perguntado sobre qual era o plano de Deus para os gays, ele disse: "O inferno ... A menos que eles se arrependam de seus pecados e se voltem para Deus".

Folau não fez nenhum comentário oficial, mas postou no Twitter na noite de domingo: 'Bem-aventurados sois, quando os homens vos injuriarem e perseguirem, e disserem falsamente todo o mal contra vós, por minha causa".

"Alegra-te, e alegra-te muito; porque grande é a tua recompensa no céu."

A citação, do famoso Sermão do Monte, de Jesus, em Mateus 5, destina-se a seus seguidores que enfrentariam perseguição por suas crenças.

 

fonte guiame

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!